Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Rapariga na Aldeia

Blog pessoal de uma rapariga que vive na aldeia e às vezes vai à cidade.

A Rapariga na Aldeia

Blog pessoal de uma rapariga que vive na aldeia e às vezes vai à cidade.

Trocas e Saldos...Socorro

Hoje tive a infeliz ideia de fazer algumas trocas de presentes, nomeadamente de roupas de tamanho xs que por muito azar o meu, ficam-me literalmente a cair (esta matéria terá lugar num outro post, depois das festas, ok?).

Arrisco-me a dizer que foi a pior iniciativa do mês, por uma série de razões chatas e desagradáveis aqui para a rapariga impaciente. 

Mas porquê? perguntam os mais curiosos.

Por motivos vários: o trânsito em Lisboa estava caótico, fortemente ajudado pela chuva, a calçada portuguesa molhada, logo escorregadia, logo não levei um sapato apropriado! Não havia lugares para estacionar o carro, os funcionários da EMEL com trabalho até às orelhas. Havia sempre a opção do parque do El Corte Inglês mas convenhamos, é em espiral e caro! A minha vontade muitas vezes, no centro de Lisboa, é arrumar o carro no meu bolso e ir à minha vidinha. Aqui na aldeia, não há essas preocupações, tudo se faz mais rápido e estacionar nunca é um problema. 

Bem, mas este post não é para falar do estacionamento em Lisboa, nem pensar! Adiante...

As lojas estão cheias de artigos desarrumados, visivelmente mergulhadas no caos. Na minha modesta opinião, esta confusão tem que ver ainda com a euforia das compras de Natal, da qual as lojas ainda não estão recompostas, e esta entrada no período de saldos. Tudo isto misturado é igual ao que eu vi hoje, um verdadeiro salve-se quem puder! 

A Zara estava ao rubro, cheia de gente com milhares de cabides pendurados nos braços. Pela primeira vez, trouxe roupa sem experimentar pois a fila para os provadores desencorajou-me. Tive exactamente a mesma sorte na hora de pagar, trinta minutos de fila, só, coisa pouca para pessoas serenas, não para mim!

Os meus filhos recusaram-se a entrar na Zara (nem sabem do que se livraram), eles como são dois ganham muita força e tenho sempre de pensar em alternativas. Desta vez a escolha foi ficar dentro do carro a brincar, com o pai, parados em segunda fila! Foi o possível... vivi este momento sozinha sem a ajuda dos meus!

O pior é que poderá ser preciso voltar a trocar a roupa que comprei.... não sei... ainda não a experimentei!!!

 

2 comentários

Comentar post

A Blogger

Sigam a Rapariga

Follow my blog with Bloglovin Follow

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D