Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Rapariga na Aldeia

Blog pessoal de uma rapariga que vive na aldeia e às vezes vai à cidade.

A Rapariga na Aldeia

Blog pessoal de uma rapariga que vive na aldeia e às vezes vai à cidade.

Gru - O Maldisposto 3

Na semana passada levei os meus minions a ver Gru, O Maldisposto 3 e divertimo-nos imenso com aquela equipa de malfeitores, a bem dizer, pouco maldispostos. Saímos do cinema a rir das trapalhadas dos minions que, como atuam em bando, têm um poder de execução poderosíssimo e claro, deliciados com a ternura das filhas do Gru. Ah, novidade, o Gru casou! Pois é ... se o Gru conseguiu ... 😂😂. Mas, como dizia, neste filme temos personagens malvadas, é o caso de um ex-astro televisivo, que tudo faz para aterrorizar o Gru. Temos personagens que querem muito ser malignos mas infelizmente falta-lhes o jeito, como é o caso de Dru, irmão gémeo do Gru. Temos unicórnios, ou bodes, que é quase a mesma coisa, temos diversão, bons ensinamentos e elevadas doses de humor que, até hoje, os meus filhos replicam! (e eu também) 😁

 

Claro, que no final, vence o bem e quem o pratica

 

Se não têm planos para este fim-de-semana, deixo aqui a sugestão. Segue o trailer: 

 

 

(À velocidade que isto tudo se está a passar, qualquer dia os meus filhos já não querem ver filmes de animação e deixamos de passar estes bocadinhos tão bons, a três, no cinema! Outros virão, eu sei, mas a espontaneidade da infância não volta!  

 

Sigam o blogue no facebook AQUI e no instagram AQUI (@catiafilipasantos1)  

 

Pedrógão aqui tão perto

Enquanto fazia as minhas compras no mini mercado aqui da aldeia, os meus filhos brincavam no parque infantil e, ao mesmo tempo que baloiçavam, conversavam com uma outra criança de idade próxima das deles. As crianças têm esta grande capacidade de meter conversa com alguém que conhecem há dez segundos! Até aqui tudo absolutamente normal. 

 

Quando lhes acenei para irmos embora, despediram-se do menino e correram na minha direção ansiosos por me contar o que acabaram de saber:

"conto eu..."

"não, eu é que sei a história ..."

"mãe, nem vais acreditar ..." 

"o menino que estava connosco no parque é de Pedrógão Grande ..."

"ele disse que a casa dele não ardeu, só o pátio onde costumava brincar..."

 (...)

 

Sei que a história daquele menino mexeu com os meus filhos, porque uma coisa é ter acesso ao que aconteceu em Pedrógão Grande através da televisão, outra coisa é ter alguém, ali, lado a lado, da mesma idade, a descrever o que viu em seu redor naqueles dias e como ficaram alguns dos seus bens! Disseram-me que confortaram o menino. E eu acredito! Acredito também que este encontro inesperado no parque infantil de Negrais, supostamente tão longe de Pedrógão, levou-os a refletir sobre a vulnerabilidade a que todos estamos sujeitos e a pensar "e se fosse connosco?" 

 

 

Sigam o blogue no facebook AQUI e no instagram AQUI (@catiafilipasantos1)  

"Cada Mãe Sua Pancada" - novo ditado popular

Para onde quer que olhe vejo bebés gémeos. São os do Ronaldo, os do Clooney e agora os da Beyoncé. Há lá coisa mais doce que ver dois bebés iguais, a dormir lado a lado, enrolados em mantinhas? Não conheço!! Até eu que tenho uma espécie de trauma com recém-nascidos que não fazem outra coisa senão chorar, estou quase a ser levada por esta onda de bebés e a querer ter mais uma dupla cá em casa. Sabendo, à partida, que seria o fim da sanidade mental que ainda me resta! Um minuto depois de ser invadida por estas ideias "materno-demoníacas", acordo para a vida real 😁! 

 

Todos sabemos que a maternidade transforma uma pessoa. Se não é das coisas mais importantes que pode acontecer na vida de uma mulher, anda lá bem perto. Porém, muitas mães sofrem transformações absolutamente dramáticas. Estou a lembrar-me de mães que ficaram com memória de Dory, outras cresceu-lhes os pés. Outras cujo peito e ancas ficaram um verdadeiro fracasso, capazes de uma séria intervenção cirúrgica, e depois há aquelas mães cujas transformações são extremamente difíceis de definir ... é o caso da Beyoncé que, sabe-se lá porquê, insiste em aparecer nestes cenários quando o assunto é maternidade! 

beyonce14n-4-web.jpgBeyoncé e os seus filhos gémeos, Sir Carter e Rumi ♥️, mais fofinhos impossível! 

 

Lembram-se da fotografia com que a diva anunciou a gravidez? 

 

Está tuuuuuuuddddooooo AQUI, espreitem.

 

P.S. - até hoje espero resposta que teima em não chegar ☺️! 

 

 

Sigam o blogue no facebook AQUI e no instagram AQUI (@catiafilipasantos1) 

Férias e Morangos com Açúcar. Combinação Perigosa! 😁

Estou a milhas de ser uma mãe tirana e opressiva. Claramente que não tenho perfil para esse desgaste! Nunca compliquei muito a vida aos meus filhos, a nenhum nível. Evito a tortura com os afazeres escolares quando considero exagerados e, quanto à alimentação, aos fins de semana armo-me em "mãe descuidada" e ofereceço-lhes copos de sumo! E eles nem sempre aceitam! Ingratos!!!! Ando constantemente de antenas no ar para proporcionar-lhes novas experiências. Sabem que têm liberdade, dentro do que considero aceitável para as idades, e por isso vão ganhando responsabilidades. O que me permite confiar um bocadinho mais todos os dias (pasito a pasito)!! 😁

 

Acontece que as pequenas criaturas estão de férias. Cheios de tempo livre portanto! Fazem tudo o que lhes apetece e ainda lhes sobra agenda para discutirem um com o outro (o normal "ó mãe não fui eu, foi ela"). Os seus dias têm sido preenchidos com tudo o que lhes apetece (estão excluídos os livros de exercícios de férias, evidentemente!), desde patins, bicicletas, trotinetas, piscina, futebol, playStation e .... televisão.

 

Em período de férias, os meus filhos vêm mais televisão do que o habitual o que me levou, por estes dias, a perceber que já nem com as crianças a ver os canais "quarentas" (como eu lhes chamo) uma mãe pode estar descansada. Isto porque, por breves cinco minutos, percebi que andam a ver os Morangos com Açúcar (várias temporadas) e, confesso que já nem me lembrava, mas aquilo tem das piores referências que podem passar pela vista de uma criança. Como disse, em apenas cinco minutos, vi um garoto a roubar dinheiro da carteira da mãe, outro a fumar droga, outros a responder de uma forma assustadora aos pais, outros em festas do pijama na viagem de finalistas, e quanto mais visse mais vontade tinha de os encaminhar para outro sítio! 

 

Não é que eu queira que os miúdos cresçam numa redoma de vidro, alheados da realidade, mas levar assim com a informação toda, de suptão, é bem capaz de confundir aquelas pequenas cabecinhas. O lado bom daquele amontoado de maus exemplos é conseguirem arquivar tudo na pasta "Coisas a não fazer". E é aí que eu tenho de intervir! Sim, porque ver Morangos com Açúcar não pode ser tempo perdido, há que aprender a separar o trigo do joio! 

  

Portanto, cuidado mães, atenção que nos "quarentas" não passam só bons ensinamentos! 😁

 

 

Sigam o blogue no facebook AQUI e no instagram AQUI (@catiafilipasantos1) 

Notícias pouco sedutoras 😁

Alunos do primeiro ciclo terão menos aulas e mais tempo para brincar 

 

Ainda assim, para o meu filho Francisco, e desconfio que para a maioria das crianças, é injusto! O rapaz continua a achar injustificável ter mais tempo de aulas do que de recreio! 😁 Perante tamanha desigualdade só lhe resta esgrimir opiniões, essencialmente comigo, e puxar pelo seu melhor português para reivindicar direitos que julga ter! Ele é assim. Acha que luta pelo bem comum! Imagino-o em grandes manifestações na Avenida😁😁! (e a mãe a levar-lhe uma sandes e um bongo!)

 

Quem desconsiderou por completo esta notícia foi a mana. Agora que vai para o segundo ciclo e está uma menina crescida, estas alterações são claramente assuntos menores! Resistiu a admitir que também gostava de uma situação idêntica para si mas os efeitos da pré-adolescência e o orgulho estão neste momento a falar mais alto! 😁

 

 

 Sigam o blogue no facebook AQUI e no instagram AQUI (@catiafilipasantos1)

Aquário Vasco da Gama

Trinta minutos são suficientes para conhecer o Aquário Vasco da Gama, no Dafundo, junto ao Passeio Marítimo de Algés. Os valores das entradas são convidativos e o espaço, os aquários e os peixinhos tornam este espaço bastante agradável para um programa em família. Como sempre, as minhas crianças não queriam ir e, já lá dentro, admitiram que aquilo afinal era "bué da fixe". 

 

Deixo-vos as fotografias (tiradas com o meu telemóvel que já não vai para novo!) 😁

Collage_Fotor1.jpg

No lago exterior, antes da bilheteira, há possibilidade de dar comida aos peixinhos (os cor de laranja da primeira fotografia)! As crianças acham sempre boa ideia! 😁 Depois lá dentro há peixes de todas as cores e tamanhos, sendo que alguns olhavam para nós com ar de poucos amigos!!! 😀 Há o fofinho do Nemo, a esquecida da Dory, caranguejos, cavalos-marinhos, polvos, pargos e milhares deles que não sei dizer os nomes! 

Collage_Fotor2.jpg

Collage_Fotor3.jpg

Esta tartaruga gi-gan-te ía ser devolvida ao seu habitat natural para se juntar à família no dia seguinte à nossa visita. 😀 Era o seu último dia naquele tanque e os meus filhos estavam quase a fazer uma festa por ela ir para junto dos seus! 😀

 

Vale bem a pena conhecer este sítio. Não me atrevo a fazer analogias com o Oceanário de Lisboa. Seria comparar o incomparável, precisamente porque são duas realidades bem diferentes, edificadas em diferentes épocas e por conseguinte cada uma à sua escala! Têm em comum os peixinhos e o facto de ambas serem bonitas de apreciar.  

 

Fica a minha sugestão de passeio! 🐠🐟🐡🦀🦑

 

  Sigam o blogue no facebook AQUI e no instagram AQUI (@catiafilipasantos1)  

Filha Maria no 5º ano. Oi?

Filha Maria vai mudar de ciclo e de escola e aflige-me a sua pouca experiência a atravessar estradas sozinha. (a culpa é da mãe!). Filha Maria vai passar a ir de autocarro para a escola. "Passe", o que é isso? Perguntou-me ela! Estamos piores, pensei eu! Com a mesma determinação que despensa laços, ganchos e bandoletes, evita o seu flick-flack, faz calor, diz ela! Só vai perceber a importância do uso do relógio e de cumprir horários quando perder autocarros e levar falta de presença nas aulas. Aí sim, vai entender, porque com o meu latim, a coisa não vai a bom porto! 

 

Filha Maria poderá ser "a perninhas de alicate" do 5º ano todo ou mesmo quiçá da escola Dr. Rui Grácio. O que vale é que lida bem com o assunto ao ponto de mandar um chega pra lá a quem assim a chamar! Não vai ter autorização para sair da escola na hora do almoço (como eu não tive). Parece despistada mas já me perguntou o porquê! E eu não gostei! O que é que ela quer? Ir para Montelavar comprar gomas querem ver!? Era o que faltava! 😀

 

Filha Maria diz-me que é uma menina crescida, uma pré-adolescente. E isso não me sossega! Caraças!! Ando apoquentada com todas as mudanças que se avizinham mas tenho para mim que será isto, estas inquietações de mãe, para o resto da vida! 

 

Filha Maria estará preparada para esta mudança? 

Claro que está. Como todas as crianças! 

 

E a mãe da filha Maria, está preparada?

É claro que não! 😪

IMG_1410.jpg

Obrigada a usar bandolete 😜😜

 

 

Sigam o blogue no facebook AQUI e no instagram AQUI (@catiafilipasantos1) 

Provas de Aferição para que vos quero?

À partida para nada. Tenho pena pois os professores envolvidos devem estar a ter imenso trabalho mas, honestamente, não acho que venham a ser muito úteis, mas já lá vamos ...

 

Segundo o meu filho mais novo, de 8 anos, a escola já acabou. Entrou em modo férias a seguir à última ficha de avaliação. Mudou totalmente o chip no seu mini cérebro! Fechou para balanço! Tipo, em Setembro há mais!! É perfeitamente visível nos olhos dele um certo asco quando se refere ao livro de exercícios para as férias. Suponho que pense "mas quem é que se lembrou de juntar numa só frase as palavras "exercícios" e "férias", ó pouca sorte a das crianças!" 

 

Contudo e até ver, o rapaz é bom aluno, não um aluno brilhante de cem por cento a todas as disciplinas, mas um bom aluno, aplicado e obediente! A questão é que ele, e todos os meninos do 2º ano, têm provas de aferição. A esta altura do campeonato falta-lhes fazer Português e Matemática mas, como as considero altamente dispensáveis e desajustadas, o meu filho, no que depender de mim, não irá sofrer nenhum tipo de pressão para voltar a estudar a matéria toda desde o início do ano letivo. Nem pensar! Sou altamente contra esta invenção e como não está em causa transitar para o próximo ano, vou deixar o rapaz começar a gozar as férias de verão ... 

 

Preocupo-me imenso com o desempenho escolar dos meus filhos e de tudo faço para que não andem desmotivados na escola (o que nem sempre é fácil tendo em conta os atuais programas escolares) mas não me parece oportuno provas de aferição a crianças de 8 anos. Repito, 8 anos! Julgo que a avaliação feita ao longo do ano, que soma resultado das fichas de avaliação, comportamento, assiduidade, etc. etc. etc. é mais que suficiente para "aferir" os conhecimentos das crianças e dar-lhes as merecidas notas! Para quê complicar mais? Juro que não entendo! 

 

Já a minha filha Maria, tem 9 anos, vai mudar de ciclo e não tem esse tipo de avaliação. Estranho, estranhíssimo! 

   

Esta é somente a minha opinião que, por diversas vezes, tenho tido oportunidade de manifestar neste espaço. Sou contra o atual sistema de ensino e o pouco espaço de manobra que sobra aos miúdos depois das aulas e não consigo disfarçar! 

 

Posto isto, abaixo às provas de aferição no 2º ano! 

 

 

 Sigam o blogue no facebook AQUI e no instagram AQUI (@catiafilipasantos1)  

"Cheira a férias"

Um dos meus filhos dispõe de uma excelente memória visual. É tímido e tem alguma dificuldade em olhar a direito para as pessoas que não conhece mas, a verdade é que tira uma radiografia pormenorizada a tudo o que vê, principalmente às pessoas, e não se esquece! A acrescentar a esta caraterística, quando se junta com a mana, formam o mais belo par de memória olfativa aqui do sítio, uma vez que estão constantemente a associar os diferentes cheiros a determinadas pessoas ou lugares. É comum dizerem que um certo perfume cheira a férias no Algarve ou que a canja cheira a casa da avó!! Depois, e porque são crianças, a conversa dos cheiros escorrega sempre para a javardice fazendo-os ligar pessoas pouco simpáticas a cheiro de puns e rir com muito gosto! E eu também! 😁

 

Isto para dizer o quê?

 

Que hoje, os dois, fazem a última ficha de avaliação deste ano lectivo e ontem gritaram alegremente: 

 

"já cheira a férias"

 

Engraçado, tenho uma versão completamente oposta, cheira-me a MAIS trabalho!!! 😂🙈

 

Eles vão chegar assim da escola ... mas em crianças, ou seja, mais espalhafato, agitação e desordem! 🙈

 

 

 

Sigam o blogue no facebook AQUI e no instagram AQUI (@catiafilipasantos1)  

 

 

A febre do Spinner

Talvez por não ter jogado ao pião tenha alguma dificuldade em associar qualquer tipo de terapia (calmante, dizem os entendidos) ao uso do novo brinquedo da atualidade - o spinner ou o fidget spinner

 

E o que são spinners? Perguntam vocês, pessoas inocentes que não têm crianças em idade escolar ... 

spinner.jpg

São os "netos do pião" - a melhor definição que li até agora 😀. Basicamente são brinquedos que giram. Giram e giram mais um bocadinho! Em qualquer sítio e de qualquer maneira. Os meus filhos gostam de experimentar números de circo, de maneira que aproveitam o raio do spinner e metem-no a rodar em cima da barriga enquanto fazem a ponte ou, ao mesmo nível de parvoíce, rodam-no na testa e no joelho!! E é isto. Nada mais do que isto!!

 

Ah, e vendem-se no chinês! Ah e são baratos! Ah e alguns até têm ferrugem e ainda assim o chinês tem à venda! Ah, os meus filhos têm porque há uma verdadeira febre nas escolas e a criança que ouse não ter um spinner leva logo com um mega rótulo na testa de "blhéc"!

 

 

 Sigam o blogue no facebook AQUI e no instagram AQUI (@catiafilipasantos1) 

A Blogger

Sigam a Rapariga

Follow my blog with Bloglovin Follow

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D