Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Rapariga na Aldeia

Blog pessoal de uma rapariga que vive na aldeia e às vezes vai à cidade.

A Rapariga na Aldeia

Blog pessoal de uma rapariga que vive na aldeia e às vezes vai à cidade.

Feira dos Afectos em Montelavar. Eu Vou 😍

Mães e Pais que à sexta-feira começam a pensar onde levar a criançada no fim-de-semana... eis um evento este sábado 😁. Estão safos! 😁

thumbnail_Feira dos afectos - final-1.jpg

 

Abril é o mês da sensibilização para a prevenção dos maus tratos na infância e, em parceria com algumas entidades aqui da zona, a União de Freguesias de Almargem do Bispo, Pêro Pinheiro e Montelavar irá promover esta iniciativa no Jardim do Rossio. As entradas são grátis e há todo um programa que pode interessar às vossas crianças. Ora vejam:

thumbnail_Programa.jpg

Encontramo-nos lá 😍! 

 

Sigam o blogue no facebook AQUI e no instagram AQUI (@catiafilipasantos1) 

Festival do Leitão de Negrais

Este mês de Julho está carregado de festividades aqui na aldeia. E se há coisa de que nunca nos cansamos é de convívio!! Assim sendo, e como as temperaturas têm estado a ajudar à confraternização, aqui temos mais um motivo...

 

Nos próximos dias 22, 23 e 24 de Julho vai decorrer o Festival do Leitão de Negrais.

 

Trata-se de uma iniciativa conjunta da Câmara Municipal de Sintra e da União de Freguesias de Almargem do Bispo, Pero Pinheiro e Montelavar, com o objetivo de divulgar a gastronomia da localidade de Negrais, que como sabemos é famosa pelo leitão assado. 

 

Os restaurantes e os pontos de venda a retalho aqui da aldeia, irão deslocar as suas cozinhas e os seus saberes ancestrais para o centro da localidade, formando assim uma praça de restauração. 

 

Para além dos restaurantes, vai ser possível encontrar neste festival outras atracções, como uma pequena feira de doçaria e artesanato e um ponto de venda de cerveja artesanal. Famílias com crianças não foram esquecidas! Podem trazer os vossos rebentos que haverá animação infantil para que todos possam usufruir desta festa! 

 

Mas isto não fica por aqui...

As horas de abertura do Festival serão assinaladas com arruadas, atuações de ranchos folclóricos, stand up comedy e artistas de variedades!!

 

Para terminar o festival, podemos todos cantar com o artista Melão "ai coração de melão, melão, melão, melão"!!! 


Vamos ter animação garantida durante o fim de semana!

13691012_566346020204193_798206464615355145_o.jpg

Vai haver Festa em Negrais

Nos idos anos 90, quando eu e as minhas amigas de infância fazíamos parte da comissão de festas, a festa de Negrais tinha um valor enorme nas nossas vidas de pequenas adolescentes! Basicamente, eram dias de muito trabalho e, ao mesmo tempo de animação e de maior liberdade. Para os nossos pais, não havia muito stress pelo facto de estarmos fora de casa durante tantas horas, afinal de contas estávamos por perto! Viver na aldeia permitiu isto, crescer e conviver na rua! A festa de Negrais exigia muito trabalho a toda a organização e para nós, as raparigas mais novinhas, era espetacular e já um atrevimento obsceno ficar até tarde na sociedade! 

 

Que saudades desses tempos em que, arrumado (e bem) o capítulo aulas, a minha (nossa) preocupação era descrever ao detalhe todos os prémios da quermesse de forma a facilitar a procura! Mas como tudo deve ser vivido no seu devido tempo, acho mesmo que conseguimos (enquanto grupo de amigas) aproveitar esses tempos de maior liberdade da melhor maneira possível! A verdade é que olhamos para trás e para esses momentos com um rasgado sorriso, troçamos dos episódios mais caricatos, das nossas roupas e aí sim, temos assunto para longas horas de galhofa!

 

Hoje, quando observo as meninas que fazem parte da organização, apetece-me dizer-lhes que sei perfeitamente o que significa aquele brilho nos olhos! Aquela agitação! Aquele desassossego! Aquelas dores nos pés. Ai se sei! 

 

Mas, minha gente, mudam-se os tempo, mudam-se as vontades e ... desde que fui mãe, é ver-me de piquete junto a todo o tipo de insufláveis e carrosséis com as mãos cheias de moedas! E nem vale a pena reclamar porque Festa é Festa! 

 

 

Segue o Programa da Festa:

 

Dia 15 Julho - Sexta feira

Noite Motard com tributo ao rock dos anos 80&90

 

Dia 16 de Julho - Sábado

À tarde - aula de Zumba

À noite - Noite de Dj's


Dia 17 de Julho - Domingo

À tarde - Procissão com reencontro de ex-juízas e juíz 

             - Ranchos

À noite - Banda XL

 

Dia 18 de Julho - Segunda -feira

Paulo Martinho Show de Freestyle 

Fernando Rocha

 

keep-calm-and-vem-pra-festa-15.png

Baby Shower do Lourenço

No passado fim-de-semana fizemos o baby shower do Lourenço. O bebé da amiga Guida. Como já tinha referido por aqui há uns dias, surpreender a Guida não iria ser tarefa fácil pois, neste tipo de eventos, é sempre ela que toma as rédeas e dispara sugestões decorativas. Eu, e algumas colegas do grupo, obedecemos religiosamente, porque a criatividade dela supera tudo e todos! 

Acontece que nesta festa, como ela não poderia participar nos preparativos, eu sempre achei que seria difícil estar à altura do seu perfeccionismo. Os balões, as toalhas, as letras, os laços, a deco diversa...

Como é que iríamos fazer tudo condignamente? 

O resultado está por aqui... 

DSC04498.jpg

 

 

 

Jantar de Mulheres

A convite de uma amiga lá fomos nós, o grupo de sempre, jantar à AdegaMãe em jeito de comemoração do Dia Internacional da Mulher. A AdegaMãe localiza-se em Fernandinho, perto de Torres Vedras, e distingue-se pela aposta no sector vitivinícola e no enoturismo. Espreitem o site para verem o que de bonito existe no nosso país. 

Quanto ao jantar, havia todo um programa a seguir, que isto não foi uma coisa assim feita ao acaso. Atentem:

20h00 - Welcome Drink e Photo Shooting.

20h30 - Visita guiada à Adega.

21h00 - Jantar de harmonização Sushi e Vinhos com Show Cooking da peça especial Dia da Mulher.

 

Estavam reunidos os ingredientes para que tudo corresse bem e ... confirmo. Tudo um arraso. Pensado ao pormenor. Fantástico! A recepção, o ambiente requintado do salão, o jantar, os presentes, as conversas e o convívio. Muito convívio que tem o dom de refrescar a alma.

 

DSC04362.jpg

Eu e a Joana Carapeta, a responsável pelo evento.  

 

 

Sábado em imagens

Um dia em cheio.

Cheio de sol, convívio, conversas, risadas e mais risadas! 

1923912_973581259388657_6983202759300168747_n.jpg

Quantas são? (pergunta o segurança do hotel)

Somos 11...

Eu pergunto na viatura? (insiste o segurança)

Somos 11, senhor. Meninas do terceiro anel abram o vidro para o senhor confirmar!!!!

 

 

 

 

Dias Cheios de Convívio

Estes dias de ausência de posts aqui no estaminé devem-se sobretudo a uma agenda cheia de eventos. Sair de casa cedo e regressar bem tarde impediu-me de passar por aqui para contar onde param as modas. Neste momento aguardo religiosamente pela segunda-feira ao mesmo tempo que faço um pequeno balanço destes dias...

 

Este fim de semana mandei muita coisa dar uma curva e dediquei-me de corpo e alma ao convívio (com adultos).

Isso implicou: um lanche fantástico num sítio soberbo com as amigas de sempre. Seguido de um jantar ma-ra-vi-lho-so de sushi, acompanhado com a bebida da moda na casa dos aniversariantes. Pelo meio ainda demos um pulinho à Nova Zelândia para cantar os parabéns (via facetime) a uma amiga que só não estava ali no meio de nós e do sushi porque está lá no outro lado do mundo. 

 

Dias assim não são frequentes, de maneira que dou graças a Deus por ter um grupo de amigas de infância com iniciativas destas, que me obrigam a vestir o melhor modelito de 2016 e a melhor maquilhagem só porque sim...

 

1517592_911741798917632_3320891091312815615_n.jpg

 

(imagem roubada à amiga Guida)

Passagem de Ano

Agora sim, parece que tive um espaço livre na agenda para me sentar ao computador e escrever sobre a noite de fim de ano. Isto porque a minha vida nestes dias tem sido um verdadeiro carrossel e estou com sérias dificuldades em gerir as horas de sono!  

Talvez sabendo disso, ou não, a minha irmã teve a feliz ideia de convidar os sobrinhos para um cinema e eu, já a vê-los a torcer o nariz ao Hotel Transylvania 2 porque hoje queriam jogar PS4, soltei um "nem pensem, claro que vão com a tia ao cinema, vá....pirem-se, levantem-se do sofá, a sala precisa de apanhar ar". 

Bem, mas e a passagem de ano?

Como já tem sido habitual, nessa noite juntámo-nos (os quatro) ao autodenominado O Gangue do Antunes!

É verdade, o grupo parece que já tem nome e espírito próprio. Nele estão incluídos amigos, familiares, mães, pais, tios, avós e crianças...muitas crianças...cada vez mais crianças. A taxa de natalidade na aldeia está a crescer para contrariar números menos positivos!

A palavra de ordem deste grupo é a inclusão. No primeiro ano em que me juntei a eles só me senti envergonhada nos primeiros cinco minutos, depois é de todo impossível não aderir ao convívio e às piadas que emergem de um grupo tão dado à amizade e à partilha de experiências.

Tenho a sensação que também pertenço ao Gangue e isso faz-me lá estar no ano seguinte, sempre com a mesma disposição. Até os meus filhos, que são avessos a iniciativas fora de casa, contam os dias que faltam até irmos para a adega do Ricardo. 

Nesta noite é quase que obrigatório a diversão e a folia. Há um verdadeiro espírito aberto de todos, mesmo de todos, para que isso aconteça, e a verdade é que é possível conjugar estes fatores. Claro que há alguns ingredientes que levam todos a dizerem disparates e dançarem de forma ousada, estou a lembrar-me por exemplo...do vinho... do licor... do whisky e do malibu (sim, nesta festa havia malibu!)

Parece que os mais resistentes ficaram até às 7 da manhã. Gabo-lhes a energia e a capacidade de resistência!

Eu fiquei-me pelas três da manhã e ainda sinto vestígios de noitada... 

Espero que no próximo ano, haja alegria para repetir as proezas.... ora aqui ficam algumas delas...

DSC04126.jpg

 

Eu e o anfitrião, o Ricardo Antunes. Um simpático! Esqueçam os meus olhos tá?

DSC04140.jpg

 

O Hugo Félix, o Toninho, o Ricardo, o meu Hugo, o Guéu e o Tónhão - membros do Gang do Antunes 

DSC04132.jpg

 

Um brinde, a rapariga já sem olhos!!!! 

DSC04138.jpg

Eu e a minha amiga Céline (de Paris de França). Temos sempre tanto em comum, tanta conversa para pôr em dia!

DSC04137.jpg

 

Discutíamos o vinho espirituoso da amiga Dora, não chegámos a nenhuma conclusão! 

DSC04158.jpg

Eu e o DJ, portou-se lindamente este ano mas o equipamento nem sempre ajudou!

DSC04148.jpg

A Sara, a anfitriã, irmã do Ricardo, num momento de pura concentração e devaneio!

DSC04118.jpg

 O Ricardo, tirem as vossas conclusões...

DSC04156.jpg

A Sónia, a Paula, euzinha (sem olhos), a Dora e a minha irmã mais velha (não tenho outra portanto é a minha irmã preferida)... e o Ricardo!

DSC04142 (1).jpg

 A minha cena mais que tudo... o meu Francisquinho, o meu Hugo e a minha Mariazinha. Fritam-me a paciência mas adoro-os daqui até à lua... vezes mil!!!!

 

Um grande obrigada Ricardo e Sara, até para o ano! 

Jantar de Natal

O restaurante escolhido para o jantar de Natal das amigas da aldeia foi o Estoril Mandarim no Casino Estoril e foi simplesmente FANTÁSTICO.

Confesso que a ideia de jantar num restaurante chinês pareceu-me desadequada mas rapidamente percebi que tinha sido a melhor opção.

Adorei o espaço, a qualidade do atendimento (o chefe de sala teve muita paciência para o grupo, mesmo!), a variedade de iguarias, parece que a carta enumera cerca de 100 pratos mas o responsável orientou-nos e sugeriu seis ou sete pratos para que todas degustássemos os diferentes sabores. O mesmo aconteceu com as bebidas e sobremesas. 

O ambiente era tranquilo e a vista soberba sobre os jardins do Casino. 

Tudo me fascinou naquele espaço. Não era nada disto que eu esperava de um restaurante chinês!  

DSC04047.jpg

 

DSC04045.jpg

 

Fui presenteada com uma esferográfica. E o que eu adoro! Hoje em dia, vibro com o regresso às aulas dos meus filhos só para ter uma desculpa para comprar mais canetas!!! Obrigada pelo miminho, de coração, e obrigada é Merci!

No próximo ano prometo não falhar e levar lembranças às amigas pouco secretas. 

Depois do jantar segui-se uma visita ao Casino, não para tentarmos a nossa sorte mas para fazer tempo para ir à discoteca Jézebel.

Apesar de já não ir a uma discoteca há alguns anos, senti-me bem e integrada como se tivesse lá estado no fim de semana passado.

A única questão que ficou no ar foi o facto de não haver malibu limão. Até hoje estou sem saber se já caiu em desuso e eu estava a pedir uma bebida da moda em 2001 ou se deixaram acabar o stock e não repuseram por falta de procura.

Assim sendo, bebi o possível e dancei músicas dos idos anos 80. Outro pormenor que me surpreendeu!

 

Cheguei a casa cheia de histórias para contar: desde o facto de ter ir ido a um restaurante chinês, às músicas da M80, às operações stop que contornámos. O homem estava claramente num registo diferente, dada a hora, e não estava com disponibilidade paciência para me ouvir, só me disse "agora tenta dormir, eu depois leio lá no teu blog!"

12398919_994107270637122_1897961229_n (1).jpg

   A Rapariga nos retratos, claramente a precisar de um curso de Photoshop! 

 

 

 

 

 

 

 

 

A Blogger

Sigam a Rapariga

Follow my blog with Bloglovin Follow

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D