Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A Rapariga na Aldeia

Blog pessoal de uma rapariga que vive na aldeia e às vezes vai à cidade.

A Rapariga na Aldeia

Blog pessoal de uma rapariga que vive na aldeia e às vezes vai à cidade.

Sugestão Saudável (46)

Post escrito pela nutricionista Liliana Janicas

 

A Mulher e a Alimentação

17238394_10212650443642929_425745959_n.png

 

Homens e mulheres apresentam diferenças na composição física do seu organismo e diferentes necessidades nutricionais. De um modo geral, podemos dizer que os homens apresentam um gasto energético superior, logo precisam de um plano alimentar com valores calóricos superiores. Claro que cada caso é um caso e esta situação deve ser sempre avaliada individualmente!

 

O objetivo da alimentação é proporcionar bem estar físico e psíquico e prevenir algumas doenças. Em função das patologias que comprometem mais as mulheres, os alimentos podem contribuir ou não para essa prevenção. A alimentação em geral deve ser equilibrada, tanto qualitativamente como quantitativamente e personalizada. Para isso, vários fatores devem ser considerados na hora da elaboração do plano alimentar: peso, altura, sexo, idade, compleição óssea, atividade física e intelectual, patologias existentes, hábitos alimentares e riscos nutricionais. 

Como deve ser a alimentação da mulher?

A alimentação deve ser variada e equilibrada, e principalmente ter como objetivo prevenir doenças cardiovasculares, alguns tipos de cancro, osteoporose e melhorar alguns sintomas da menopausa. Para evitar doenças cardiovasculares e alguns tipos de cancro, é importante evitar alimentos com excesso de gordura saturada como, por exemplo, salgados, carnes vermelhas, produtos processados e alimentos ricos em açúcar, como doces, bolachas, bolos e guloseimas. As mulheres devem dar preferência a uma alimentação mais natural possível, rica em vegetais e fruta. E, devem beber entre 1,5 a 2L água por dia.

 

As mulheres apresentam uma maior tendência a ter Anemia, devido à perda de sangue durante a menstruação. Quem sofre de anemia deve ingerir alimentos ricos em ferro como carne vaca e aves, e vegetais verdes. 

 

É recomendado também o consumo diário de fibras, importante para evitar a obstipação que é mais comum no género feminino. O kiwi, a laranja ou ½ papaia logo de manhã com um copo de água morna resolve o problema em alguns casos. Consumir 1 colher de sopa de sementes de linhaça por dia e 2 a 3 nozes também é recomendado. Devem evitar os alimentos ricos em sódio (ver post do Sal), principalmente para prevenir a hipertensão.

 

Com o aparecimento da Menopausa, há uma diminuição na produção de estrogénios, e a mulher sente uma alteração na pele e no seu organismo. Há uma diminuição do colagénio que provoca a perda da elasticidade da pele e dos vasos sanguíneos, assim como uma diminuição da massa muscular e um aumento da massa gorda, principalmente na região abdominal. Há também uma tendência para haver um aumento do colesterol e triglicéridos, e uma diminuição da absorção do cálcio, aumentando o risco das doenças cardiovasculares e osteoporose. Tudo isso deve ser compensado com a alimentação.

 

É necessário e urgente pensar que a alimentação que fazemos tem um papel fundamental no nosso bem estar, na prevenção ou melhoria de algumas doenças, quando estas já estão presentes. E porque ser MULHER é único e muito especial, cuide de si, do seu corpo e da sua alimentação!

17238110_10212650436362747_406907890_n.png 

Cumprimentos saudáveis,

15175450_10211532755061413_1171191621_n.jpg

Liliana Janicas

 

A Blogger

Sigam a Rapariga

Follow my blog with Bloglovin Follow

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D