Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A Rapariga na Aldeia

Blog pessoal de uma rapariga que vive na aldeia e às vezes vai à cidade.

A Rapariga na Aldeia

Blog pessoal de uma rapariga que vive na aldeia e às vezes vai à cidade.

Sugestão Saudável (4)

Post escrito pela nutricionista Liliana Janicas

DSC04370.JPG

Este post vai ser dedicado à Dieta Mediterrânica (DM), que foi considerada pela UNESCO como património cultural imaterial da humanidade. A  DM é uma dieta diversificada, completa e equilibrada, com inúmeros benefícios para a saúde. Contribui para a manutenção de um peso saudável e para a prevenção de algumas doenças, tais com obesidade, diabetes tipo II, doenças neuro-degenerativas, doenças cardio e cerebrovasculares e alguns tipos de cancro. 

000-640x298.jpg

Em 1993, na International Conference on Diets of the Mediterranean, foram estabelecidas as principais características, deste modo tradicional de alimentação (Serra-Majem, et al., 2004):

  • Consumo abundante de alimentos de origem vegetal (produtos hortícolas, fruta, cereais pouco refinados, leguminosas secas e frescas, frutos secos e oleaginosos); 
  • Consumo de produtos frescos da região, pouco processados e sazonais; 
  • Consumo de azeite como principal fonte de gordura; 
  • Consumo baixo a moderado de lacticínios, sobretudo de queijo e iogurte; 
  • Consumo baixo e pouco frequente de carnes vermelhas; 
  • Consumo frequente de pescado; 
  • Consumo baixo a moderado de vinho, 1 copo (150ml) ao almoço e jantar.

 

A DM é caracterizada pela presença considerável de ácidos gordos insaturados, a partir do consumo de azeite, principal fornecedor de ácido oleico e ácidos gordos polinsaturados, como o ómega 3, provenientes do pescado (sardinhas, salmão, cavala) e dos frutos secos. Apresenta um baixo teor de ácidos gordos saturados e trans presentes nas carnes vermelhas, alimentos processados, snacks e bolachas. É rica em vitaminas, minerais e substâncias com elevado potencial antioxidante (como flavenóides, catequinas isoflavononas, antocianinas, e proantocianinas) que se encontram nos produtos hortícolas, fruta, leguminosas frescas e ervas aromáticas. 

 

A cozinha mediterrânica é uma cozinha simples que tem na sua base as sopas, os cozidos, os ensopados, os estufados e as caldeiradas onde se incorporam os produtos hortícolas e as leguminosas, com quantidades moderadas de carne e que usa como condimentos a cebola, o alho e as ervas aromáticas para enriquecer os seus sabores e aromas. 

 

A Dieta Mediterrânica é mais que uma alimentação saudável, é um estilo de vida saudável e que abrange a história e a cultura do nosso povo. 

Nota: Mais informação no site da DGS e podem fazer o download do e-book em:

http://www.apn.org.pt/documentos/ebooks/Ebook_Dieta_Mediterranica.pdf  

alimentacao-dieta-mediterranica.jpg

Cumprimentos com energia saudável.

Liliana Janicas 

 

A Blogger

Sigam a Rapariga

Follow my blog with Bloglovin Follow

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D