Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A Rapariga na Aldeia

Blog pessoal de uma rapariga que vive na aldeia e às vezes vai à cidade.

A Rapariga na Aldeia

Blog pessoal de uma rapariga que vive na aldeia e às vezes vai à cidade.

Mães que não precisam de nada! Como não vos compreendo!

Deixem-me adivinhar...

 

- Ontem receberam os presentes que os filhos fizeram na escola e adoraram ♥️! 

- As mães de crianças em idade pré-escolar passaram uma parte da manhã/tarde de sexta feira na escola a tomar um cafézinho e a provar os bolinhos que os miúdos ajudaram a preparar e foi para lá de delicioso. (já não tenho direito a isto. Que nervos 😢!)

- As vossas mães disseram que não queriam/precisavam que gastassem dinheiro num presente e vocês, mais uma vez, não lhes deram ouvidos 😁!

 

Muitos outros cenários poderia enumerar mas vou ficar por aqui e debruçar-me, em poucas linhas, naquelas mães que não precisam de presentes com a justificação de não quererem que os filhos gastem dinheiro ou que, o Dia da Mãe é todos os dias e blá blá blá pardais ao ninho....

 

 

Mães, agora muito a sério. Não precisam de nada? a sério? como assim? uma mãe que não precisa de nadinha nadinha nadinha? Isso existe? Não vos sabe bem e/ou não precisam de uma flor apanhada do vosso próprio jardim e oferecida pelas mãos dos vossos filhos? Não dão valor ao gesto? Qual a mãe/pessoa que não gosta de ser surpreendida? 

 

Desculpem mas isso do "não preciso de nada" não me encaixa precisamente porque acho que preciso de tudo. Não consigo ser hipócrita e fingir que não me importo com datas! É claro que quero um presente. É óbvio que preciso de um miminho. É que, apesar de ter falhado em várias frentes, ser mãe é uma das poucas coisas da minha vida da qual me orgulho e que, até ver, considero que estou a ter um bom desempenho! Portanto, o dia em que os meus pequenos índios se esquecerem de mim no Dia da Mãe acho que vou ficar verdadeiramente triste e desiludida. 

 

Não consigo dizer-lhes um enganador "não se incomodem, a mãe não quer nada" sendo que quero tudo vindo deles. Quero que parem por parcos minutos e escrevam o que pensam da mãe. Quero um gesto. Quero um beijo. Quero que continuem por muitos anos a entusiasmarem-se enquanto escondem os presentes cá em casa. Quero que se esforcem para me surpreender. E eu até nem sou muito exigente! 

 

Posto isto, ontem adorei tudo o que me ofereceram. Menos um dos adjetivos com que o pequeno Francisco me qualificou " a mãe é engraçada". Continuo a achar que ele devia ter escrito " a mãe é linda" mas, aceito o seu ponto de vista. Quem diz a verdade não merece castigo! 😜

 

 

Sigam o blogue no facebook AQUI e no instagram AQUI (@catiafilipasantos1)

A Blogger

Sigam a Rapariga

Follow my blog with Bloglovin Follow

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D