Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A Rapariga na Aldeia

Blog pessoal de uma rapariga que vive na aldeia e às vezes vai à cidade.

A Rapariga na Aldeia

Blog pessoal de uma rapariga que vive na aldeia e às vezes vai à cidade.

Mães para todos os gostos

Antes do Papa Francisco aterrar no nosso Portugal e ocultar o protagonismo ao povo todo (menos à Aura Miguel obviamente), sugiro que acompanhem a minha pequena reflexão sobre esta intensa, absorvente e complexa tarefa de ser mãe aturar mães! Não conhecem a Aura Miguel! O quê?! Como é possível?! Que sacrilégio! Ide googlar sobre a Aura Miguel, já! 

 

Isto de ser mãe nos dias de hoje não é pera doce. Para além de tudo o que queremos ser como mães há, como sabemos, as indiretas, a puxar para as diretas, que as outras mães nos dirigem. E é neste ponto que gostaria de me focar. Para tal, criei uma pequena lista de "mães qualquer coisa" só para as arrumar nos devidos lugares 😁:

 

Mães Espetaculares - são aquelas mães mega descontraídas, sempre tolerantes e de sorriso nos lábios. Tudo fazem para que os filhos as vejam como bué bacanas, não os contrariam, não impõe horários para refeições e deixam os miúdos sozinhos em festas de aniversários logo aos dois anos! Ainda que possamos achar que as atitudes destas mães roçam a negligência, elas são, sem sombra de dúvida, o sonho de qualquer filho porque aqui eles é que mandam! 

 

Mães Radicais - não. Não são as mães que fazem slide e rappel. São as que dizem que os filhos NUNCA dormiram fora de casa. NUNCA comeram um doce. NUNCA irão ser mal educados. NUNCA têm dúvidas sobre a matéria lecionada na escola. NUNCA irão para Lloret Del Mar numa viagem de finalistas. A estas mães só apetece dizer "nunca digam nunca"! 

 

Mães Trabalhos-Manuais - são mães repletas de paciência. Elas fazem tricot, bolachinhas, pasteis, pinturas em caixas de ovos vazias ... Enfim, mães incrivelmente habilidosas que eu não consigo ser porque sempre passei à rasca a EVT (hoje já não se deve chamar assim). 

 

Mães o meu filho é mais TUDO EM BOM do que o teu - Normalmente ouvimos estas mães falar sobre os seus rebentos e ficamos de queixo caído, tal é a espetacularidade dos miúdos. Os filhos destas mães tiraram as fraldas sozinhos aos oito meses, aprenderam a ler aos dois anos tal era a paixão pelos livros de António Lobo Antunes, fazem ginástica, natação, ballet, karaté, voluntariado e mais uma série de atividades extra escola e ainda limpam "Excelente" a tudo. Basicamente são mães de pequenos génios (acreditem que há muitas) e os nossos filhos ao pé destes são uns totós que só querem saber de brincar!

 

Mães Doces - não. Não são mães queridas e amorosas. Estas mães só sabem mandar nas lancheiras dos filhos bollycaos e refrigerantes. Desta feita, não só estão a negligenciar a saúde dos seus filhos como a fazer as outras crianças acreditar que os pais são tiranos por diariamente mandarem pão com manteiga. Mães assim, só uma pergunta: Custa muito fazer uma carcaça com manteiga (não com Nutella, ok?) e enfiar na mochila dos vossos filhos? 

 

Mães como a minha - são as que ligam e perguntam se está tudo bem ... com os netos! Querem saber se os netos almoçaram bem e o quê! Se os netos estão hidratados, de banho tomado e roupinhas lavadas, e se fizeram os cocós ... e a que horas! 

 

Quem nunca se cruzou com mães destas? 

😁😡😁😡! 

 

 

Sigam o blogue no facebook AQUI e no instagram AQUI (@catiafilipasantos1)

A Blogger

Sigam a Rapariga

Follow my blog with Bloglovin Follow

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D